• Rodrigo Tinoco

Um OLHAR: Análise de Dados e Visualização de Dados (DATAVIZ)

Atualizado: Set 15

Qual a diferença entre Análise de Dados e Visualização de Dados? Ambos os termos têm sido usados muito frequentemente como sinônimos em publicações populares como jornais, revistas e web. Outra característica desses termos é que os mesmos tem sido também cada vez mais utilizados no movimento missionário.


No mercado de trabalho, vemos vários anúncios solicitando competências na área de visualização de dados, sem mencionar, no entanto, a mesma necessidade de capacidade em análise de dados. Novos cargos são criados diariamente com nomes interessantes: artistas dos dados, especialista em visualização de dados, contador de histórias com dados, entre outros. Todavia, o que as organizações em essência fazem é continuar procurando por pessoas que consigam extrair valor dos dados. Logo, estes cargos necessitam fundamentalmente de capacidade analítica do indivíduo.


No ambiente estratégico das ações da igreja, focando aqui no movimento missionário, o uso destas competências ainda é muito tímido. Vivemos em uma era com grande disponibilidade de dados, profundamente marcada pela informação, onde o aprimoramento de tais competências é extremamente necessário ao avanço do evangelho. Atualmente, alguns dos ministérios que saíram à frente e já utilizam estas competências são o Operation World e o Global Mapping International (1974 à 2017 datas aproximadas), citando apenas alguns.

Trocando em miúdos: Análise de Dados + Visualização de dados.


A análise de dados é um processo exploratório que normalmente é iniciado com uma pergunta especifica. É o levantamento de uma hipótese. Faz-se necessário o despertamento da curiosidade, o desejo de encontrar respostas e um bom nível de comprometimento para trilhar essa caminhada, visto que as respostas, via de regra, não são facilmente encontradas.


A visualização de dados, por sua vez, é a apresentação visual dos dados, sendo iniciada por um visual (gráfico) podendo chegar a um painel mais abrangente. Uma visualização efetiva reduz significantemente o tempo que os tomadores de decisão (líderes) levam para processar a informação e extrair percepções valiosas para geração de novas iniciativas ou o fortalecimento de projetos em andamento.


Visualização analítica: uma possibilidade no processo de análise.


Definindo os dois conceitos, não estamos dizendo que os mesmos nunca trabalham em harmonia. Pelo contrário. Ao examinar os dados, a análise deve acontecer antes da produção do visual. Contudo, a ferramenta de visualização analítica pode ser um excelente método para aplicação de uma análise efetiva.


Visualização analítica consiste no processo de construção de diferentes gráficos utilizando dados brutos, sob várias perspectivas. Esse método ajuda na qualificação do banco de dados, identificação de valores discrepantes, existência de lacunas, tendências e pontos interessantes que merecem uma investigação mais aprofundada.


O processo de analise é similar ao processo do designer representado pelo “desenho rabisco” de Damian Newman (figura 1): de uma confusão de dados e informações evolui-se para a organização e o direcionamento de ideias. Observando a figura 1, percebemos que o processo de análise, pesquisa e visualização exploratória, representado da esquerda para a direita, vai se tornando algo claro a medida que as informações vão sendo trabalhadas. O entendimento dos dados e as percepções valiosas vão sendo expostos quanto mais à direita. Destaca-se que, somente na etapa final de conclusão deste processo é que nasce o painel, o produto final que aglomera todas as melhores informações.


As informações em uma lauda: o Painel


No seu trabalho de analista de dados ou especialista de visualização você criará painéis para a liderança. Qual é então o papel do painel em todo o processo analítico?


Muitos defendem que o painel é a concentração organizada de informações que trará todas as respostas a que se busca. Em minha visão, o painel é apenas o ponto de partida para discursões e análises da liderança.


Um painel, chamado por mim no contexto missionário de missiográfico (infográfico), que conte a história dos dados pode ser um excelente e efetivo meio de comunicar rapidamente as melhores percepções. No entanto, isto não pode parar nessa etapa. No momento em que a liderança interatua com o painel interativo, por meio de um relatório em PDF ou de uma imagem recebida no e-mail, este é o momento em que o diálogo pautado na criação do terreno comum deve ser iniciado, pois a definição de ações sairá daí.


Exemplificando


Ao lado apresenta-se o exemplo de uma tabela organizada com dados de uma equipe de trabalho simulada: Equipe de trabalho Povos Minoritário (figura 2). Esta será, ao longo do texto, a base para a construção de um painel.


Na tabela são descritos dados de uma equipe missionária que atua em um segmento minoritário do Brasil. Após a leitura e descoberta dos dados, no processo de criação do painel (figura 3), a informação que mais chamou a atenção, naquele momento, foi o número de missionários que trabalhava sem organização missionária.


Agora a pergunta que fica é: a participação do missionário pesquisador (MP) no processo de expansão do Reino acaba ao apresentar o painel para a liderança de igrejas e organizações? Creio que não. O MP pode explicar para o material para a audiência, traduzindo outros detalhes dos dados, promovendo assim a exploração de certos resultados e a identificação de oportunidades de melhoria para os ministérios. A investigação minuciosa e a exploração dos dados com a audiência, além da produção de painéis, são uns dos valores que o MP traz. Resumindo, o painel dá uma excelente base para discursões, mas não é o fim da atividade.


Contribuindo e Concluindo.


A análise de dados e a visualização de dados são atividades diferentes, mas certamente estão intrinsicamente ligadas e se completam. Uma das atividades do missionário pesquisador é a manipulação dos dados. Nosso desejo é que ao construir um painel, proporcionemos clareza para a audiência e promovamos novas ações em direção aos menos evangelizados. Dessa forma, estaremos certamente exercendo nossa vocação, dando uma resposta espiritual ao nosso chamado e utilizando nossos talentos para fazer Deus conhecido.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo
Entre em contato...

OU nos envie um e-mail

RodrigoTinocoBR@gmail.com

WhatsAPP: +55 (61)9-9966-4046

website antigo aqui.